Seção de Idiomas

Seja um intérprete freelancer

O Programa de Expansão do Registro Oficial de Tradutores e Intérpretes Freelancers da Organização dos Estados Americanos (OEA) identifica intérpretes e tradutores qualificados em diversos países da região e os inscreve no portfólio de profissionais freelancers da Seção de Idiomas do Departamento de Gestão de Conferências e Reuniões, a fim de contratá-los para conferências e reuniões organizadas pela OEA fora da sede.

O Programa está sendo implementado com a colaboração dos respectivos governos dos Estados membros, por meio dos ministérios das relações exteriores, os quais são responsáveis pela logística do processo de seleção. A Seção de Idiomas do Departamento de Gestão de Conferências e Reuniões da OEA examina os currículos dos candidatos e convida aqueles profissionais que satisfazem os requisitos estipulados a se submeterem a um exame de interpretação. A Seção de Idiomas analisa os exames e informa o resultado aos candidatos. O Diretor do Departamento de Gestão de Conferências e Reuniões da OEA envia então ao Ministério das Relações Exteriores uma lista com as informações de contato dos profissionais que foram aprovados no exame.

Esse processo não resulta em uma oferta de emprego.

Requisitos

• Pelo menos um idioma oficial da OEA (espanhol, inglês, francês ou português) como língua A(*) e pelo menos um dos outros três como língua B.

• No mínimo cinco anos de experiência profissional como intérprete de conferências internacionais.

• Diploma acadêmico ou profissional em interpretação, letras ou áreas relacionadas.

Procedimento

Os candidatos devem preencher este formulário e enviá-lo a scarvalho@oas.org.

A OEA examinará as credenciais do candidato como parte preliminar do processo de seleção. Os candidatos pré-selecionados serão avisados do local e da data do exame.


(*) Idiomas ativos
A: O idioma nativo do intérprete (ou outro idioma em que tenha exatamente a mesma proficiência de seu idioma nativo), para o qual o intérprete trabalha a partir de outros idiomas, em geral nos dois modos de interpretação (consecutiva e simultânea).

• B: Um idioma que o intérprete domina perfeitamente mesmo sem ser seu idioma nativo. O profissional interpreta para este idioma a partir de outros, embora alguns só interpretem para a língua B em um dos modos de interpretação.

Idiomas passivos

• C: São idiomas de que o intérprete tem compreensão perfeita.